Princípios da Agroecologia

Agricultura sustentável tem que considerar aspectos socioeconômicos e culturais dos grupos sociais implicados. Não basta proteger e melhorar o solo ou a produtividade agrícola se não resulta em melhorias nas condições de vida das pessoas envolvidas. Portanto, agricultura sustentável é um conceito que implica aspectos políticos e ideológicos que tem a ver com o conceito de cidadania e libertação dos esquemas de dominação impostos por setores de nossa própria sociedade e por interesses econômicos de grandes grupos, de modo que não se pode abordar o tema reduzindo outra vez as questões técnicas.

Francisco Roberto Caporal

http://www.aba-agroecologia.org.br/

grãos

"Muita gente pequena, em muitos lugares pequenos, fazendo coisas pequenas, mudarão a face da Terra". provérbio africano

Como os lobos mudam rios

Como se processa os animais que comemos

Rio Banabuiu

https://youtu.be/395C33LYzOg

A VERDADE SOBRE O CANCER

https://go.thetruthaboutcancer.com/?ref=3b668440-7278-4130-8d3c-d3e9f17568c8

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Dia do Pescador


“Histórias de pescador” são relatos divertidos sobre proezas ou apuros vividos nos mares, rios, igarapés, mangues, enfim, nas águas. São conversas que “aumentam o ponto, mas não o inventam”, não é? 29 de junho é Dia do Pescador (a). Devemos valorizar essa categoria que tanto sofre com uma mentira maior e mais pesada do que qualquer peixe já pescado no mundo: a promessa de um progresso que, na verdade, destrói modos de vida, territórios e natureza. #‎DenvolvimentoPraQuem?
Clique na imagem, confira o gif e compartilhe em suas redes sociais!

Agricultores de Pernambuco aprendem a produzir com pouca água‏

Meus Prezados,
Eis a prova clara de que a convivência com o Semiárido é possível. Notem, que o produtor da região do Sertão do Pajeú, Tabira (PE), trabalha em sua propriedade, com dois elementos biológicos fundamentais para esse tipo de característica climática: plantas que consomem pouca água e os animais adaptados à regiões secas. O que chama atenção é que a fonte hídrica do produtor tem baixa vazão, fato esse que não o impede na diversificação de seu sistema de produção. Um bom exemplo, no qual é mostrada a fixação do homem, com dignidade, na região, mesmo com o advento das secas!


Ecologia Industrial


Ecologia Industrial: Princípios e Ferramentas

Ecologia Industrial: Princípios e Ferramentas

Parceiro: IST Press
Modelo: Ecologia Industrial: Princípios e Ferramentas
Disponibilidade: Em Stock
PVP usual:
30,28€
Preço-base Naturlink:
26,50€
Preço Clube Naturlink:
24,90€
o seu preço: 26,50€
Qt.: 
  
Características do Livro:

Descrição:
Num momento em que a sociedade já não prescinde de integrar o Ambiente nos processos de decisão, os conceitos e ferramentas associados à Ecologia Industrial constituem peças essenciais para uma adequada gestão de recursos.
O interesse deste livro, facilmente reconhecível pela abrangência do seu âmbito e pela qualidade e rigor com que aborda o tema da Ecologia Industrial, leva-me a considerá-lo como uma obra de referência em Engenharia do Ambiente, com actualidade e utilidade inquestionáveis.
Fernando Santana
Professor Catedrático
Director da Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa

Este livro representa mais um contributo assinalável do Paulo Ferrão para a criação de uma nova disciplina que emerge em termos internacionais, reunindo trabalho de investigação que o autor promoveu coordenou durante a última década.
A Ecologia Industrial resulta de uma visão holística e sistémica sobre energia, ambiente e desenvolvimento sócio-económico, sendo de assinalar que este livro apresenta novo conhecimento, em grande parte derivado da prática de projectos de sistemas de engenharia e de aplicações à economia e sociedade portuguesa.
O carácter inovador e a sua relevância internacional, fazem deste livro e do seu autor uma referência obrigatória no panorama em que a Ecologia Industrial tem emergido como disciplina académica.
Manuel Heitor
Professor Catedrático do Instituto Superior Técnico

Índice
I RUMO AO CONCEITO DE ECOLOGIA INDUSTRIAL
1. ECOLOGIA INDUSTRIAL, UM QUADRO CONCEPTUAL PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
II AS FERRAMENTAS ASSOCIADAS À ECOLOGIA INDUSTRIAL
2. A CONTABILIZAÇÃO DOS FLUXOS DE MATERIAIS
3. A AVALIAÇÃO DO CICLO DE VIDA
4. A AVALIAÇÃO DO CICLO DE VIDA COM BASE NOS QUADROS ECONÓMICOS DE ENTRADAS-SAÍDAS (ACV-QES)
5. A DINÂMICA DE SISTEMAS APLICADA À ECOLOGIA INDUSTRIAL
6. OPTIMIZAÇÃO ECONÓMICA E AMBIENTAL DO CICLO DE VIDA DE PRODUTOS
III APLICAÇÕES DOS PRINCÍPIOS E DAS FERRAMENTAS DA ECOLOGIA INDUSTRIAL
7. APLICAÇÃO DA METODOLOGIA DA ACV-QES PARA O CÁLCULO DE GASES COM EMISSÕES DE EFEITO DE ESTUFA EM PORTUGAL
8. ECODESIGN
9. O METABOLISMO DA ECONOMIA PORTUGUESA
10. SIMBIOSES INDUSTRIAIS: UMA APLICAÇÃO DA ECOLOGIA INDUSTRIAL

Sobre o Autor:
Paulo Cadete Ferrão é professor associado com agregação do Instituto Superior Técnico e coordenador da Área Científica de Ambiente e Energia, no Departamento de Energia Mecânica. É director do Centro de Estudos em Inovação, Tecnologia e Políticas de Desenvolvimento, IN+. É director nacional do Programa MIT-Portugal e responsável pela área de Sistemas Sustentáveis de Energia.
Desde 1998 dedicou-se ao desenvolvimento da área científica da Ecologia Industrial e às suas aplicações em Portugal, incluindo a concepção e apoio à criação de várias sociedades gestoras de produtos em fim de vida e à definição e implementação de políticas públicas na área da gestão de resíduos. Publicou nestas áreas três livros e várias dezenas de artigos científicos.

Outras:
Autoria: Paulo Cadete Ferrão
Editora: IST Press
Ano: 2009
Número de páginas: 422
Idioma: Português
Dimensões: 23,5 x 16,5 x 2,5
Peso: 950 g
 
Tempo médio de envio: 5 dias

BANIR AGROTÓXICOS.

Assine o Abaixo-Assinado virtual que pede o banimento dos agrotóxicos já proibidos em outros países do mundo e que circulam livremente no Brasil.

A Campanha tem o objetivo de alertar a população sobre os perigos dos agrotóxicos, pressionar governos e propor um modelo de agricultura saudável para todas e todos, baseado na agroecologia.

Assine já, pelo banimento dos banidos! Entre no link abaixo.

CICLOVIDA Completo