Princípios da Agroecologia

Agricultura sustentável tem que considerar aspectos socioeconômicos e culturais dos grupos sociais implicados. Não basta proteger e melhorar o solo ou a produtividade agrícola se não resulta em melhorias nas condições de vida das pessoas envolvidas. Portanto, agricultura sustentável é um conceito que implica aspectos políticos e ideológicos que tem a ver com o conceito de cidadania e libertação dos esquemas de dominação impostos por setores de nossa própria sociedade e por interesses econômicos de grandes grupos, de modo que não se pode abordar o tema reduzindo outra vez as questões técnicas.

Francisco Roberto Caporal

http://www.aba-agroecologia.org.br/

grãos

"Muita gente pequena, em muitos lugares pequenos, fazendo coisas pequenas, mudarão a face da Terra". provérbio africano

BANIR AGROTÓXICOS.

Assine o Abaixo-Assinado virtual que pede o banimento dos agrotóxicos já proibidos em outros países do mundo e que circulam livremente no Brasil.

A Campanha tem o objetivo de alertar a população sobre os perigos dos agrotóxicos, pressionar governos e propor um modelo de agricultura saudável para todas e todos, baseado na agroecologia.

Assine já, pelo banimento dos banidos! Entre no link abaixo.

GLOBAL DAY OF ACTION TO CUT CONFLICT PALM OIL! > MAY 20

http://www.ran.org/globaldayofaction">

CICLOVIDA Completo

Como os lobos mudam rios

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Existe escravo?

Compartilhado por Yaônilé Cia de Dança Afro e Negra Contemporânea Brasileira.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agroecologia: Mitos

SAGA DA AMAZÔNIA - Vital Farias

Vivemos em um mundo desagradável, onde não apenas as pessoas, mas os poderes estabelecidos têm interesse em nos comunicar afetos tristes. A tristeza, os afetos tristes são todos aqueles que diminuem nossa potência de agir. Os poderes estabelecidos têm necessidade de nossas tristezas para fazer de nós escravos.

O tirano, o padre, os tomadores de almas, [os pastores de rebanhos], têm necessidade d
e nos persuadir de que A VIDA É DURA E PESADA. Os poderes têm menos necessidade de nos reprimir do que de nos angustiar, ou, como diz Virgilio, de administrar e organizar nossos pequenos terrores íntimos (...)

Não é fácil ser um homem livre: fugir...aumentar a potência de agir, afetar-se de alegria, multiplicar os afetos que exprimem ou envolvem um máximo de afirmação. Fazer do corpo uma potência que não se reduz ao organismo, fazer do pensamento uma potência que não se reduz à consciência.
Deleuze/O.Pinho